bahis siteleri : ngsbahis betebet betebet

Linhas de Pesquisa Aprovadas Pela Faculdade

  1. Processos de ensino, aprendizagem e desenvolvimento
  2. Currículo e formação de professores
  3. Políticas, gestão e avaliação educacional
  4. Estudos psico-sociais, culturais e de género

 

Linhas de Pesquisa do Programa de Doutoramento em Educação

  1. Políticas e gestão da educação

Esta linha tem como foco estudos e pesquisas locais e (inter) nacionais de análise de políticas públicas de educação (história, formulação, implementação e avaliação de políticas); sobre Gestão e Administração de sistemas educacionais, com ênfase nas relações entre Estado e Sociedade; planificação, avaliação, legislação, financiamento e gestão da educação e sistemas educacionais. Também se ocupa da Educação comparada, da educação geral em seus diferentes níveis e etapas (educação infantil, ensino primário e ensino secundário), modalidades de ensino (educação de jovens e adultos, educação a distância e educação profissional) e educação superior; bem como em redes culturais e suas formas de organização entre a sociedade civil e a sociedade política (movimentos sociais). A linha, outrossim, desenvolve estudos e pesquisas da educação como direito humano e direito social: políticas e processos de inclusão de estudantes com necessidades educativas especiais em diversos níveis e modalidades de ensino. Inclui igualmente pesquisas sobre qualidade em educação e sistemas de garantia de qualidade (na perspectiva crítica de proporcionar uma educação efectiva).

     2. Trabalho, educação e relações de género

A linha engloba pesquisas que analisam a relação entre o trabalho e educação, relações de género e meio ambiente, tendo como referencial teórico as ciências humanas e sociais tais como a sociologia, antropologia, ciência política, história, economia, psicologia social e do trabalho e geociências. Constituem seus principais objectos de estudo as relações entre o trabalho e a educação nas suas múltiplas dimensões: as políticas públicas relacionadas ao trabalho e à educação; a divisão social e internacional do trabalho; o mercado de trabalho e sua dinâmica; a organização, a gestão e as condições de trabalho, bem como as características do emprego, identidade e saúde do trabalhador; acções formativas ocorridas em espaços escolares e não escolares; as profissões e ocupações; movimentos sociais e as relações de classe. As relações de poder e de género nos espaços de trabalho, de educação e de formação, com base em pressupostos antropológicos e sociológicos e suas repercursões na vida social. O trabalho humano, o desenvolviemnto científico tecnológico e a problemática ambiental: políticas e práticas de educação ambiental face à crise ecológica contemporânea.

    3. Formação docente, currículo, diversidade e aprendizagem em contextos formais e não-forrmais

Esta linha constrói os seus temas de pesquisa tendo como princípio a acção de ensinar/educar e suas implicações na formação de professores e suas políticas; na produção de saberes e conhecimentos; nas práticas de memórias e histórias; no trabalho e na profissionalização docente, em contextos de educação formal (primária, secundária e superior) e não formal, na perspectiva de educação para todos. Compreende o estudo do currículo nas suas múltiplas dimensões e relações com a cultura e a sociedade, as teorias educacionais e curriculares com enfoque histórico e filosófico, processos de desenho curricular e instrucional bem como a avaliação curricular. Engloba o fortalecimento dos processos de ensino e aprendizagem, tanto nas ciências sociais quanto nas ciências naturais, assimo como em contexto formal e não formal, na perspectiva de educação de jovens e adultos, considerando o processo de formação docente e o ensino nas ciências sociais e nas ciências naturais e exactas. A linha também focaliza seus estudos nas novas tecnologias educativas e suas repercursões na organização do trabalho pedagógico e nos processos de formação docente.